O 7 artigo da Declaração Universal dos Direitos Humanos diz  que "todos são iguais perante a lei e têm direito, sem qualquer distinção, a igual proteção da lei. Todos têm direito a igual proteção contra qualquer discriminação que viole a presente Declaração e contra qualquer incitamento a tal discriminação."

    Pensando nisso, selecionamos alguns conteúdos cujas informações consideramos imprescindíveis para que os membros da comunidade USP obtenham consciência a respeito de seus direitos.

 

A DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS  foi adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948 Brasília 1998. Representação da UNESCO


Na cartilha ILUSTRADA POR ZIRALDO o Menino Maluquinho e sua turma descobrem juntos com o leitor os Direitos Humanos.


A CARTILHA 8M foi desenvolvida para esclarecer e conscientizar sobre o que é e porque falar da violência de gênero. Além de oferecer sugestões de quem se pode procurar dentro da universidade após o sofrimento de algum tipo abuso, esta cartilha também se propõe a fazer uma importante reflexão sobre o assunto.


Publicada em março de 2017, O Escritório USP Mulheres produziu a cartilha sobre VIOLÊNCIA DE GÊNERO NA UNIVERSIDADE com orientações gerais para sabermos lidar com situações de discriminação, assédio e violência de gênero dentro da Universidade de São Paulo.


A ACOLHEUSP é um programa de acolhimento relacionado ao uso de álcool e outras drogas elaborado pela superintendência social da Universidade de São Paulo. O programa elaborou uma cartilha FALANDO SOBRE DROGAS E TRABALHO: CARTILHA PARA CHEFIAS.